sexta-feira, 17 de junho de 2016

FINGIMENTO TAMBÉM FAZ MAL À EDUCAÇÃO - 12 DE JUNHO

A tal normalidade prometida é uma violência e um desrespeito aos educadores e estudantes. As escolas não estão sem aulas por causa das ocupações ou pela greve dos professores, mas porque a situação da educação gaúcha é insustentável. Estão sem aulas pelo descaso de um governo que trata os servidores e estudantes com desrespeito, que não apresenta proposta enquanto prossegue na farra, e que ataca com covardia os trabalhadores parcelando salários e não somente não pagando o piso, mas também lhe retirando rendimentos e muitas ameaças, e trata-se de um governo que faz das políticas públicas uma brincadeira em seu tempo de folga. É um governo que finge seriedade e responsabilidade. E se você aceita isto também está fingindo. As escolas não têm aulas e o responsável disso é o governo. Parem de fingir que a culpa é dos educadores e estudantes e nos ajudem a defender a educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário