sexta-feira, 22 de julho de 2016

UMA PALAVRINHA SOBRE EDUCAÇÃO - QUATRO ANOS JÁ




Pequena nota sobre a educação: a gente estuda para ser professor. Ao fazer isto aprende um monte de coisas, mas tem algo mais simples que qualquer conteúdo, que qualquer método, algo mais trivial, mas não menos importante - ajudar a estabelecer os vínculos dos alunos e alunas com a escola, papel de todos os trabalhadores em educação & promover nos processos educacionais sempre o conhecimento dos alunos e alunas, por parte dos educadores, isto é, saber quem eles são, o que eles pensam, como vão as coisas, o que anda acontecendo....isso é talvez o melhor caminho para obter melhores resultados de aprendizagem, disciplinares e combater tanto a evasão, quanto a reprovação. Aqui, como lá em cima no andar superior em que uma certa teoria filosófica do reconhecimento recíproco - que tanto me estimulou a pensar a ação política - temos a questão do reconhecimento e da reciprocidade com o outro. É aquilo que ultrapassa a subjetividade e que constitui a tal intersubjetividade, é aquilo que ultrapassa o indivíduo que pensa sozinho na solidão de seu eu e de seu raciocínio próprio e que o faz compartilhar a argumentação, os sentimentos, conferir posições e opiniões e construir coletivamente as mensagens e os conceitos, conhecimentos. São assim que se traçam os laços a partir dos quais a aprendizagem produz melhores resultados, mais cuidado e mais prazer na aquisição, construção e transmissão de conhecimento - e isto só precisa começar por um gesto, o olhar e a empatia do olhar. Humanizar a educação é sim uma grande tarefa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário