domingo, 7 de maio de 2017

COVARDIA MORAL E CORAGEM POLÍTICA NO BRASIL

Aqui no Brasil tem uma craca que vive de espertezas, de tirar vantagem em tudo, de bancar o malandro. E há até um elogio e uma admiração pela picaretagem e pilantragem bem sucedida. Vivemos num país cuja elite é especializada em tirar vantagem em tudo. Não é a lei de Gerson, é uma espécie de lei colonial. Se é possível enganar, ludibriar, enrolar e blefar toca em frente. Se pegar, pegou. E boa parte do povo brasileiro assiste isto com considerações pessimistas de que é assim mesmo, nunca vai mudar e de que precisamos conviver com isto. Suportar isto. É ainda tem aquela fração miserável e intermediária que quer chegar neste top. A glamourização da pilantragem, o puxa saquismo com usurpadores, a bajulação dos autoritários, é típica do que podemos chamar de covardia moral. Muito fácil aceitar o autoritarismo covardemente e se encorajar contra a esquerda a qualquer título que usando de subterfúgios, mas a partir de um pressuposto bem comum: a esquerda é idealista e sonhadora. Daí se segue o tradicional e conhecido viralatismo depressivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário