domingo, 27 de novembro de 2016

UM BOM SELVAGEM - MEU ENCONTRO ONTOLÓGICO COMIGO MESMO

Sou um bom selvagem. Sei fazer fogo e comida. Sei caçar e compartilhar. Sei fazer força e pensar. Sei brigar e não brigar. Sei crer e não crer. Mas acima de tudo gosto mesmo é de postar despreocupadamente e falar despreocupadamente do que sei é do que não sei. De todas as cores. De todos os sons. De todos os seres. De todas as coisas e do amor onde quer que ele esteja. Não mexa comigo que eu não vou mexer com você. Este mundo é uma selva e eu quero continuar sendo apenas um bom selvagem. Viva Artur Rambo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário