quarta-feira, 22 de junho de 2016

O FIM DE TODA ESPERANÇA NÃO ME PARECE RAZOÁVEL - CONTRA SCRUTON

O FIM DE TODA ESPERANÇA NÃO ME PARECE RAZOÁVEL -

MINHA PEQUENA CONTESTAÇÃO LIMINAR A SCRUTON

Não haveria nenhuma razão que nos desse conforto e nos amparasse frente a tragédia e ao desamparo se todos nós abandonássemos a esperança, simplesmente porque a sua negação nos é mais fácil ou porque ela nos parece mais lógica.

Creio que a abordagem de Scruton é extremamente bem feita, ele argumenta como um killer sistemático e que seu conjunto de ideias é bem coerente com seu conservadorismo e me parece expressar também um dos objetivos do neo conservadorismo que é negar a possibilidade de mudança e de transformação da sociedade em que vivemos.

Porém, devo dizer que pertenço, de forma consciente e hoje bem deliberada, a uma classe de seres humanos que não partem de condições favoráveis e que são movidos por esperanças, sonhos, delírios, idealismo, otimismo e, mesmo, na pior circunstância possível, jamais me deixo conduzir pelo desespero ou me orientar pelo pessimismo extremo. Tendo a mitigar e atenuar sempre os problemas. Adoto a disposição de sempre diminuir o tamanho de qualquer monstro para enfrentá-lo sem temor. Depois vou conferindo com calma seu tamanho e dimensão, grandeza e profundidade. Mesmo o nihilismo ou o ceticismo com o qual convivo muito e faz muito tempo em estudos filosóficos ou teóricos aplicados à diversos temas (epistêmicos, morais, políticos e históricos) me serve de heurística. E cabe aqui reconhecer a minha aceitação do que é chamado por alguns de realismo ou pragmatismo na política e que impõe sim um alto custo ao meu idealismo - me conformando aos limites da realidade, do possível e do exeqüível - mas que mesmo assim não me curvo ao mínimo e nem sequer rendo homenagens ensandecidas ao máximo idealismo.

Penso que o melhor uso que podemos dar ao approach de Scruton é o de corrigir excessos, ampliar nossa prudência nos raciocínios e reflexões e acima de tudo servir-se dele para reduzir o dogmatismo em nossas abordagens.

Sim, se você não gosta de ouvir, ler o debater com seus adversários, eu lamento muito, mas sim eu recomendo a leitura de Scruton à todos os progressistas ou revolucionários que são capazes de compreender que a vitória de um projeto de mudança da sociedade e a mudança social que desejamos no quadro do capitalismo para alguns e para outros na sua superação como sistema, só virá quando vencermos também neste terreno teórico de debates que envolve sustentar a priori, com argumentos, que esperanças são razoáveis e devem ser estimuladas não por insensatez, logro, sedução ou retórica, mas sim por razoabilidade.

Aqui , como antes, preparado para ser refutado, criticado, corrigido ou aperfeiçoado em 1, 2, 3...


Portanto, para mim nada pode ser mais prejudicial do que parar de sonhar e de ter esperanças...UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL & MAIS DO QUE ISTO NECESSÁRIO...

P.S.: Roger Scruton é um conservador britânico que argumenta muito bem. Sugiro que pesquisem porque talvez seja o conservador mais articulado e coerente deste planeta e portanto representa um dos gigantes do pensamento com quem a esquerda deve se defrontar para reafirmar o seu projeto. .

Nenhum comentário:

Postar um comentário