sexta-feira, 17 de junho de 2016

NOTA DE ONTEM E REFLEXÃO DA PRESIDENTE DO CPERS ANTES DO DESFECHO

Dia de luta...não confirmamos atividade da 2• CRE hoje pela manhã. Pois a Maioria do comando de greve do 14° Núcleo está em Porto Alegre agora no Caff. Do lado de fora e do lado de dentro sustentando a posição que exige negociação e respeito aos educadores. Não houve desocupação ou "extração" nesta madrugada. O impasse segue. Quem puder segue para lá para apoiar a resistência. Muita força para todos!


Abaixo a reflexão da primeira presidente da história do Cpers que lida com um governo que simplesmente não negocia, não apresenta proposta é não aceita nenhum acordo.

"Enquanto aguardo a chegada do batalhão de choque reflito...
Como ter uma escola de qualidade quando, colegas acreditam na grande mídia e viram-se contra sua entidade?
Como fazer que as pessoas entendam que nossa luta é árdua? Que temos um governo intransigente e que quer o retrocesso em nossos direitos?
Qualquer colocação da midia, distorcida, correm para jogar pedra. Será que pensaram em algum momento em vir resistir conosco?
Ocuparam as CRE, conforme orientação do sindicato, para pressionar o governo?
Alguém já perguntou: vale a pena???
Eu respondo que tenho uma utopia! Termos uma escola realmente de qualidade, onde os alunos consigam crescer em sua cidadania, no conhecimento, no humanismo. É por isso que luto a 32 anos e nada me fará desistir.

Desculpem o desabafo de uma professora, 32 anos de magistério, 62 anos e que nunca fugiu da luta e respeita àqueles que estão resistindo ao seu lado." Helenir de Aguiar Schurer

Nenhum comentário:

Postar um comentário