sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

LEMBRANDO O PRISIONEIRO - 18/02/2012

Hoje aconteceu algo muito legal que me provocou de novo a retomar o estudo do prisioneiro em filosofia e literatura, ou seja, como o pensamento filosófico e humano se isola do mundo circundante com o propósito de compreendê-lo e perde-se em si mesmo...as vezes em divagações e fantasias...e em outras vezes em construções de projetos e idealizações sobre a realidade....problemas de base: a linguagem, a percepção de si e do mundo, a conexão com as outras mentes e as relações de compreensão com outros indivíduos...por fim....os desejos e as necessidades....ha ha ha...estavam pensando que iríamos lidar só com idéias...nunca se esqueça que o pensamento surge e confronta-se sempre com a experiência e que não há nenhuma experiência mais marcante do aquela em que se realizam os desejos ou em que se satisfazem as necessidades...sejam elas quais forem...hoje é carnaval não me leve a mal....

Nenhum comentário:

Postar um comentário