segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

MEU COMENTÁRIO AO ESPORTE FAVORITO DA ESQUERDA, por Renato Janine Ribeiro



“Um esporte favorito da esquerda é uma modalidade de suicídio que consiste em destruir quem é de esquerda, mas não da sua facção.

A direita não faz isso. Ela tem consciência de seus interesses. Suas facções podem não se amar, mas não se destroem.

Os ataques ofensivos a Haddad são um exemplo desta vocação arriscada de parte pelo menos da esquerda.

O prefeito disse a verdade: não há dinheiro para o passe livre.

E, se houvesse, era melhor ir para a educação.”

Meu comentário:

Primeiramente, aliás, compartilho em minha página porque o Haddad esteve aqui no Fórum Social Temático de Porto Alegre e é muito provável que esta questão seja colocada para sectarizar a relação mais uma vez e dizer que não dá certo....

SOBRE HADDAD E O PASSE LIVRE

Muito preciso teu comentário e posição Renato Janine Ribeiro! Tens razão. Uma parte da esquerda vive ainda de discurso e pensamento mágico e uma outra parte cai no discurso do fim do mundo. Chamo isso de bipolaridade neurótica da esquerda. Parte de uma agenda ou pauta que é sempre absoluta (tudo ou nada) e inegociável e acaba sempre derrotando as alternativas e contribuindo para passar o poder para a direita. E em geral chamamos estas posições de esquerdismo....este é para mim o debate mais crucial para a sobrevivência e o fortalecimento da esquerda brasileira hoje e ele nos leva diretamente para a discussão e a formação em diálogo e de forma respeitosa com a juventude e seu papel coletivo no Brasil que está em plena transição demográfica. Ou faremos isso - unificando e acordando propostas e compreendendo limites - ou seremos soterrados pelo processo de acomodação demográfica e geracional.

P.S.: uma parte da esquerda trabalha para impugnar a outra parte imaginando que deve atingir ou ocupar seu limite eleitoral...jamais trabalhando na perspectiva de aumentar as frações da sociedade que aderem a ela...por isto esta briga canina pelo tal "único" osso...quando existem bem mais coisas a serem conquistadas....

Nenhum comentário:

Postar um comentário