segunda-feira, 21 de outubro de 2013

O ALÍVIO DA CONQUISTA DE UMA CABEÇA DE PONTE

A melhor sensação possível é superar uma dificuldade, um impedimento ou uma ilusão e conseguir avançar livremente e com segurança. 

Quando estudamos algo que consideramos muito difícil há - me parece - um momento de desafogo e, então, conseguimos prosseguir, sem aquele bloqueio e aquela dificuldade inicial.

E  mesmo que muitos outros obstáculos se ergam - e com certeza eles vão aparecendo no caminho e na leitura - a gente tem aquela sensação de leveza e tranquilidade e dai se passa a, com um cuidado redobrado conquistado pelas lições de superação da dificuldade inicial, ver tudo sob outros olhos. 

Me sinto agora como uma espécie de general que conquistou um bom ponto de observação e de organização, localização e logística para os seus próximos esforços. 

Podemos abandoná-lo ali adiante - no tempo - mas é a primeira base e algo que nos dá uma relativa segurança - que é melhor que nenhuma - para continuar. A cabeça de ponte está estabelecida e agora basta aumentar a intensidade dos ataques e dos avanços.

Respiro aliviado e meu cérebro parece estar muito arejado e satisfeito ate a próxima fortaleza e obstáculo pela frente. Agora podemos seguir mais um pouco e temos a certeza de que estamos no caminho certo. 

A questão fundamental nunca é chegar logo aqui, mas chegar bem aqui e poder desfrutar por alguns instantes deste benefício e perspectiva. 

Amanhã é somente mais outro dia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário