segunda-feira, 7 de outubro de 2013

FOTO DE CRIANÇA PROFESSOR!

Coloquei uma foto de menino em homenagem a semana e o dia das crianças.

Tenho saudades da minha infância sim, tenho saudades do meu irmão, do meu pai e da minha outra irmã que já se foram e que fizeram parte da minha infância, juventude e de uma parte recente da minha vida adulta. Eu tenho filhas e mais irmãos e mais 400 alunos todos os anos.

Esta que é  a semana das crianças e que tem o dia das crianças e logo ali o dia dos professores. Isso merece nossa atenção sim e também nossa reflexão, não pelo aspecto comercial ou pelo apelo infantil a um tempo que já se foi.

Algumas pessoas, talvez pela falta de assunto, criticam esta onda. Eu acho que tudo bem que tenho bons motivos – para além dos pessoais para fazer isto. Poderia dizer que você que é muito crítico pode ser muito mais humano. Eu não posso me furtar disto por oficio e digo para muitos não esqueça que você é professor e que toda moda, onda, atitude e gesto que tenha uma proposta  humanizadora deve ser bem vinda.

Penso que postar a foto de criança é uma atitude que humaniza, porque a infância tem sido muito mal tratada por ai e por ali. E, como professor, cuja principal relação é com jovens que faz pouco tempo que deixaram de ser crianças, sinto uma necessidade de fortalecer este aspecto, esta percepção da infância, não pela inocência, mas porque nela somos muito mais parecidos e semelhantes uns com os outros. Precisamos desenvolver mais nossa sensibilidade em relação às crianças e aos cuidados com as crianças, não somente às nossas crianças – filhos, sobrinhos e irmãos -, mas às crianças de todos que se criam nesta mesma sociedade em que estamos hoje. Entendo que cuidar delas é cuidar do futuro da nossa humanidade. Penso que a sensibilidade deve ser tratada, principalmente por nós professores e que cada gesto nosso de sensibilidade, será um alento aos demais seres humanos e um bom exemplo para nossos alunos e um incentivo aos nossos amigos e amigas.

Então, sempre posto coisas pensando nisso no meu universo de professor que não é só de adultos inseridos numa vida brutalizada, individualista, egoísta e que se mostra muitas vezes mesquinha e extremamente narcisista e hedonista. Penso, por fim, que aqui é um bom lugar para afirmar isso e onde tenho que ter sensibilidade e cultivar isso e dar exemplo disto. Li uma lista de bobagens aos comentar isto que me mostraram em que lugar, espaço e afinação algumas pessoas andam vivendo.

Numa postagem, vi uma expressão que é de uma estupidez e grosseria imensa: “E no dia dos finados o que é que vão postar?”

Bem eu vou postar o que eu quiser e o que minha sensibilidade me indicar no dia dos finados, até porque carrego uma dor imensa de perda e de luto, a qual em parte me fez postar a foto com meus irmãos na nossa infância. Isso não quer dizer que eu esteja deprimido ou enfiado em um labirinto emocional do qual não vejo saída, somente que acho que devo viver isso com dignidade e se puder me comunicar com sensibilidade sobre isso talvez ajude outros a aplacar seu sofrimento também.


Assim, também posto minha infância aqui, curto a imagem da infância dos demais, porque sei que é um bom caminho para estabelecer relações menos mesquinhas e grosseiras entre nós. Penso que isto é muito saudável e bom. Um abraço.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário