domingo, 30 de junho de 2013

O MEU ABORRECIMENTO E A NECESSIDADE DE UMA MUDANÇA NA POLÍTICA DO BRASIL ATUAL: PELA REFORMA POLÍTICA

Observo um mau humor e uma irritação profunda em muitos amigos e amigas nestes dias. E já tinha notado isto logo ali na primeira semana das manifestações em reação a repressão absurda e descabida da burra, tola e perversa Polícia Militar de São Paulo, sob responsabilidade de seu governador. Aquilo só se explica como uma medida extrema que causou justamente uma reação justa.

O ataque depois disto a Prefeitura de São Paulo por aquele Playboy que foi flagrado bombado e bombando no movimento também com um discurso anti-nacional e anti-político sendo esbravejado só se explica como uma medida extrema (nitidamente de ultra direita) e de alguns indivíduos nesta reação e depois disto vieram todos saques em todo o país. Devem ter pensando os membros de gangues, bondes, quadrilhas: se o Playboy pode e é o coitadinho arrependido, como a imprensa pareceu noticiar depois, então liberou geral.

Depois na segunda semana, em especial no dia 20 no que toca a mim as coisas pioraram e muito. E o símbolo da tentativa de invasão do Itamarati é o sinal completo disto. Depois vieram tragicamente as mortes que apareceram, de uma menina de 12 anos no interior de São Paulo em uma barreira policial, de uma senhora da limpeza urbana por intoxicação causada por bombas de gás lacrimogêneo no nordeste e daquele menino que foi pular de uma pista do viaduto para outra, arrasam qualquer democrata ou lutador social com um mínimo de sensibilidade real e humana. E me aborrece mesmo ver que alguns TEÓRICOS e COMENTARISTAS DE FACEBOOK ou pseudo-lutadores sociais, achem que tudo vai bem e que nada vai mal num processo destes.

Eu não tenho este tipo de escrúpulo e para mim algo está muito errado. Talvez isto seja uma espécie de transe histórico que está acontecendo neste período. E este mau humor se reflete em mim também por outros motivos mais pessoais e eventualmente profissionais inclusive. Tenho passado por momentos pessoais bem duros nos últimos dois anos. Algumas coisas também não tem sido fáceis para mim nestas últimas três semanas e cada sinal ruim vem precedido de mediações falsas, expressões sem sentido e equívocos incorrigíveis. Ou seja, digo claramente que estou passando por um mau momento e não é por narcisismo ou vaidade que digo isto.

E mesmo assim estou fazendo muita força para suportar isto porque sei que preciso manter a esperança, preciso cultivar meu otimismo e bom humor e de certa forma sei que não posso me entregar e que tenho que enfrentar toda e qualquer situação de cabeça erguida e peito aberto. É aquela velha necessidade de lucidez, de precisar recuar, de fazer mais ponderações ainda nos momentos difíceis e de não desistir jamais. E ao mesmo tempo não aceitar as provocações, não responder a mesquinharias, não pensar que toda bobagem, absurdo ou tibieza que você escuta ou que lhe é lançada mereça resposta ou consideração. Mas é brabo isso.   

Tenho notado que este clima se apresenta também simultaneamente aos meus companheiros de partido que sofrem todos os dias vendo a canalha triunfal desfilar seu rosário de absurdos. Vejo um retrocesso claro, mesmo que se responda adequadamente, pois vejo o pusilânime corajoso, o medíocre tomando peito, o ignorante cheio de opiniões e vejo isso de forma gritante. Erra quem pensa que a gente não entende o que está acontecendo. Se equivoca muito quem imagina triunfalmente que temos medo. E mesmo aqueles que não são petistas estão assim desta forma aborrecidos com as vozes que distorcem o real para fazê-lo parecer ser o mundo como lhes parece. A verdade é que a tampa da panela de pressão do Brasil finalmente explodiu e explodiu com todos os componentes sociais que sempre foram parte na história do Brasil. Você pode constatar por si tanto a presença de Anarquistas, Neo-Nazistas ou vertentes anti-políticas e ao mesmo tempo uma coletânea diversificada de causas e bandeiras. Para além do passe livre e das pautas da educação, saúde, segurança, vemos o tema da reforma política como a grande questão, pois a falência do sistema é bem óbvia

As pesquisas podem ser as fontes deste mal estar e aborrecimento. Mas no meu caso, em especial e talvez de outros, é muito outra coisa. Parece que muitos já jogaram a toalha com as pesquisas divulgadas pela datafolha. Eu não. Outros nem sequer imaginam no horizonte a possibilidade e a eficácia de pressionar Dilma para corrigir os rumos e melhorar o cenário futuro. Mas também existem aqueles que impugnam a pesquisa na tentativa de recorrer a outros dados e a um universo que não aparece na amostragem das pesquisas. Não me parece ser correto nem uma postura e nem a outra. As pesquisas são relativas, mas mesmo que elas não viessem com esta marca qualquer um de nós com um senso de observação poderia saber o que está acontecendo de fato no Brasil hoje. E o que ocorre é que a pergunta fundamental para o povo hoje é: QUEM REPRESENTA A POSSIBILIDADE DE UMA MUDANÇA NESTA SITUAÇÃO POLÍTICA ATUAL? Assim, para além do meu aborrecimento, vamos continuar tentando mudar o Brasil.....

DILMA É A PRIMEIRA LIDERANÇA MUNDIAL A OUVIR AS VOZES DAS RUAS - POR MANUEL CASTELLS: ENTREVISTA NA ISTO É DESTA SEMANA

"Com certeza, ela (Dilma) é a primeira líder mundial que presta atenção, que ouve as demandas de pessoas nas ruas. Ela mostrou que é uma verdadeira democrata, mas ela está sendo esfaqueada nas costas por políticos tradicionais. As declarações de José Serra são típicas de falta de prestação de contas dos políticos e da incompreensão deles sobre o direito das pessoas de decidir." 

Manuel Castells- Sociólogo espanhol, um dos maiores estudiosos dos novos movimentos sociais nas redes sociais. Em entrevista a Isto É desta semana.Castells ENTREVISTA.

O BRASIL NÃO SE ENTEDIA: MARCO AURÉLIO GARCIA

"É bem conhecido que o ataque contra as instituições, em especial contra os partidos que constituem as bases sociais, reflete duas orientações. A primeira está ligada a uma regressão autoritária, que se articula em torno de um « homem providencial », capaz de implementar uma contrarreforma econômica e social.
A segunda, de natureza democrática, preconiza uma reforma urgente e profunda das instituições, em especial, dos partidos políticos. Hoje, uma tal reforma exigiria mudanças na lei eleitoral para corrigir as graves distorções dos mecanismos de representação, adotando o princípio do financiamento público das campanhas para eliminar a influência exercida pelo poder econômico nas eleições. Essa reforma deveria igualmente elaborar os mecanismos para fortalecer os programas do partidos, abrindo espaço para uma participação mais importante e determinante da sociedade na vida política. Neste sentido, a multiplicidade de mecanismos de controle de políticas públicas pela sociedade, de instrumentos como o « recall » de eleitos, e as consultas populares tornam-se pertinentes."
Marco Aurélio Garcia in: RS URGENTE - O Brasil não se entedia

ENTREVISTA FLORESTAN FERNANDES NO RODA VIVA DE 05 DE DEZEMBRO DE 1994

O maior sociólogo Brasileiro para mim é Florestan Fernandes. Ainda que eu não seja um sociólogo nem um especialista em sociologia. Mas é a impressão que me ficou após muitos anos de pequenas leituras e após ter enfrentado a árdua leitura de A Revolução Brasileira que para mim foi a descoberta do século. 

Nesta entrevista RODA VIVA COM FLORESTAN FERNANDES - YOUTUBE logo após a sua reeleição como deputado federal pelo PT no Estado de São Paulo para o que fez pouca força e pouca campanha ele analisa, respondendo a muitas curiosidades e ao meu ver também provocações dos jornalistas, tanto a condição de seu ex-aluno Fernando Henrique Cardoso recém eleito presidente do Brasil pelo PSDB, como apresenta diversas observações ainda importantes e relevantes para compreendermos a sociedade brasileira e suas limitações, condições e possibilidades de mudança. É uma entrevista que não exibe apenas a ilustração e a erudição do mestre mas também sua honestidade e consciência histórica. A transcrição do texto esta disponível através de um projeto da FAPESP MEMÓRIA RODA VIVA. 

Só lamento que o jornalismo brasileiro do Roda Viva de então tenha gastado mais tempo tratando de varejo e conjuntura daqueles dias do que das grandes questões de atacado para as quais Florestan é talvez o mais arguto analista que já houve, respeitando-se aqui a fortíssima herança analítica de Gilberto Freire, Sérgio Buarque de Hollanda, Raimundo Faoro entre outros. 

Outro aspecto importante desta entrevista ao meu ver é que poucos meses depois Florestan falecia em agosto de 1995. Também considero oportuna  reeleitura desta entrevista para a atual quadra de manifestações sociais no Brasil de hoje.

MARILENA CHAUI SOBRE AS MANIFESTAÇÕES 2013

Recomendo a Análise de Marilena Chaui Marilena Chaui Sobre as Manifestacoes 2013 ...ainda que eu entenda que a bangornada dela na classe média tenho sido um dos detonadores também, da disposição subjetiva à reação que adveio em seguida...e é muito interessante fazermos uma análise mais ampla deste processo tanto para compreender como também para visualizar a dimensão positiva dos seus rumos que na minha opinião pode existir sim se passarmos da sacudida para o mundo político brasileiro, tanto em sua dimensão institucional quanto em sua dimensão dos movimentos, para uma verdadeira transformação da política via REFORMA POLÍTICA...menos que isto seria ficar tudo IGUAL COMO DANTES NO QUARTEL DE ABRANTES....

sexta-feira, 28 de junho de 2013

HENRIQUE FONTANA - A REFORMA POLÍTICA E OS INTERESSES DO PODER ECONÔMICO

“Fazer a reforma política é um desafio muito difícil porque mexe com o sistema político de onde nasce todo o poder. E é esse poder que define diversas questões do interesse do poder econômico”, acrescentou.  “Aqueles que hoje têm uma possibilidade maior de se eleger dentro do atual sistema, muito pautado pelo dinheiro e cada vez menos pautado pelas ideias, projetos e história de vida dos candidatos, não querem mudar nada.”

A REFORMA POLÍTICA PARA A QUAL O ESQUERDISMO DIZ NÃO

Para variar a leitura de conjuntura de alguns companheiros do esquerdismo faz de conta que o problemas políticos brasileiros são atuais e não estruturais ou sistêmicos.

Eles  acreditam e se posicionam pensando que parece que o problema da saúde e da educação brasileira é somente de gestão, que não tem nenhum miolo determinado por condições de classe ai com reflexos na representação política.

Ao meu ver isto não é marxismo, nem leninismo e nem trotskismo, mas sim uma certa cegueira para as determinações materiais do sistema político que responde aos interesses de classe também na saúde, também na educação e também na forma dominante do estado brasileiro.

E é doloroso ver esta esquerda que, além disto, está comprometida até o último cabelinho com as grandes corporações que não querem mudanças estruturais mas apenas seus ganhos parciais e a sustentação deste sistema desde que não mexam nos meus direitos e me deem mais do que eu não tenho.

Não olham nenhuma vez para o fato de que de um lado a corrupção e de outro lado a crise de representação são sustentadas justamente pelo que é mais comum na forma clássica de fazer política: fazer o discurso, ser aplaudido e não ouvir ninguém.

Para mim não há nada mais importante no Brasil hoje do que a REFORMA POLÍTICA e se não passarmos por ela - e me desculpem se alerto os gansos, os gaviões e os urubus - jamais conseguiremos derrotar o monopólio político e privilegiado do poder econômico, do poder das elites e do poder das corporações que fazem política garantindo o seu e azar do resto do povo.

Povo este que, aliás, não precisa ser ouvido, mas somente votar de dois em dois anos.

Não me admire - apesar de respeitar estes companheiros, não concordo com eles - que nenhum destes partidos tenha representação de massas.

Se realmente quisessem mudar o sistema, inclusive, para poder pautar mudanças mais radicais entenderiam que somente com a Reforma Política isto será possível.

Uma gigantesca mudança, mas em um  pequeno exemplo disto é: OS CAMARADAS DEFENDEM QUE SE CONSTRUA UM SISTEMA DE SAÚDE EXCLUSIVAMENTE PÚBLICO NO BRASIL? 

Como eles acreditam que isto será possível dentro da ordem democrática e do atual sistema? me calo aqui..

A METÁFORA DO CAVALO

Não basta ter um cavalo, é preciso que ele tenha quatro patas, não basta isto, é preciso que ele ande, e muito mais, é preciso que ele corra e é preciso que ele salte ou pule.

Com N aplicações por analogia e situação paralelas a esta.

Na escolaridade, na política e assim sucessivamente....

QUERO TANTO, BOA NOITE E OBRIGADO

Tenho uma vontade imensa de falar somente das minhas aulas...das abordagens que tenho feito ao texto de Aristóteles....mas também das questões relativas aos movimentos sociais e às manifestações...da história de São Leopoldo....da diversas retomadas temáticas e dos avanços que vejo no futuro da educação para os próximos dez anos...sobre a perspectiva que mais me interessa nisto tudo que é sim a REFORMA POLÍTICA....queria estimular mais os jovens a compreenderem o sistema político brasileiro para mudá-lo efetivamente e não somente ficar sacudindo ele como as vezes me parece.e também sobre várias outras coisas que estou retomando agora....mas não tenho tido tempo....tenho que ter mais paciência...me angustiar menos...voltar a ter uma certa forma de confiança no futuro...não dar muita bola para outras coisas...e jogar mais e melhor com quem está para o jogo real....só isso, com mais cuidado, atenção e escuta.... simples assim...parece que quanto mais firme e seguro vc começa a caminhar mais pedras caem no teu caminho...mas vamos em frente...muito obrigado de novo aos amigos e amigas o que inclui colegas, alunos, próximos e parentes...Boa Noite...

terça-feira, 25 de junho de 2013

VERÔNICA MARIA ADAMS 12/11/1954-24/06/2013


Muito Obrigado pelas condolências meus parentes, colegas e amigos. 

Minha irmã mais velha Verônica Maria Adams, faleceu de um mal súbito e fulminante na madrugada de domingo para segunda-feira. Ela vivia na Cidade de São Sebastião do Cai desde meados dos anos 70. Possuía quatro filhos, a Stella, a Miriam, o Jonas e a Cintia e mais cinco netos. 

Havia sido diagnosticada na semana passada com câncer. Havia na ecografia um tumor grande na boca e garganta provocado e provavelmente agravado por tabagismo. O diagnóstico foi feito a uma semana e estávamos todos preocupados com tratamento e recuperação, quando ontem pela manhã minha sobrinha Stella me liga me comunicando do falecimento o que me retirou completamente de outros afazeres. Uma espécie de intervenção do imponderável sobre meus grandes planos da semana. Mas fui lá me despedir dela, amparar meus sobrinhos e demais familiares e acompanhar minha mãe e minha irmã. 

Assim, quando minha irmã faleceu à noite enquanto dormia de certa forma recebeu uma benção. Ela tinha 58 anos e era muito amada por mim e minha outra irmã Rachel. Havia um vínculo afetivo muito grande entre a gente porque, sendo mais velha uns dez anos que nós dois, nós fomos também educados e dependíamos em muitas coisas dela na infância e ela era muito amorosa com a gente. Tenho lembranças muito boas dela e lembro bem dela quando menina, depois adulta nos levando para passear e nos apoiando em certas coisas. Confesso que alguns interesses filosóficos, culturais, religiosos e místicos meus foram despertados por influência dela e com o convívio dela e que ela tinha uma espécie de queda pelos aspectos espirituais da vida.

Tem muitas coisas que eu não teria sequer compreendido não fosse o carinho e a afetuosidade dela e também a delicadeza dela em várias coisas em que outros são excessivamente menos sensíveis. Vou guardar muitos e maravilhosos exemplos de compreensão dela e muitas lembranças boas e ao mesmo tempo espero de alguma forma conseguir ajudar meus sobrinhos e sobrinhos netos a superarem esta perda como tio e amigo. A KIka era uma das pessoas mais bondosas que conheci, mas teve seus sofrimentos nesta vida. Quis Deus que ela fosse embora assim e considero sim um sinal de certa força espiritual isto. 

Me despedi dela hoje com muita dor e gratidão e espero poder lembrar por muito tempo do seu grande amor a grande carinho. Agradeço muito o carinho de vocês meus colegas.

A missa de sétimo dia da minha irmã Verônica Maria Adams será realizada na Igreja Matriz de São Sebastião do Caí, no dia 29 de junho de 2013 as 18:00. 

Meus sobrinhos: Stela Maria Adams Bergham, seu marido Rafael e filhos Thiago e Mateus, Miriam Beatriz Adams Eberhard e seu marido Adair e o filho Aluísio e a filha Rafaela, Cintia Adams Eberhard e o marido Marcelo e a filha Náthaly, meu sobrinhoJonas Polaco demais parentes, minha mãe Veronika Adams Boeira, minha irmãRachel Adams Boeira e meu pai Antonio Boeira Sobrinho in memoriam e também meu irmão Rafael Adams Boeira Boeira in memoriam...e demais parentes paternos e da grande família Werckmeister que são partes desta família cujos laços de sangue e de convívio sobrevivem a toda dor com amor e esperança de uma vida melhor sempre. Obrigado minha esposa Regina Porto! Temos a oportunidade de ser felizes e isto só é possível com a nossa compreensão e generosidade de uns com os outros. Paz e fé!!!

segunda-feira, 24 de junho de 2013

RELATO TECNOSINOS PARA A ESCOLA OLINDO FLORES

Apresento abaixo uma espécie de resumo com destaques da palestra da Sra. Suzana Kakuta, Diretora Executiva do Parque Tecnológico, na Audiência Pública sobre Ensino Técnico e Profissionalizante da última quarta-feira (19/06/2013), complementadas com alguns acréscimos de dados e de materiais que possuo de divulgação do Parque e com informações do site deles.

O Tecnosinos – Parque Tecnológico São Leopoldo, foi considerado o melhor parque tecnológico do Brasil em 2010. Foi criado em 1999 com o intuito de abrir um novo ciclo de desenvolvimento na cidade que à época perdia posições na economia gaúcha e sofria de uma falta de iniciativa e incremento econômico.

De lá para cá foi incrementado e é altamente valorizado como pólo tecnológico. E tem tido impacto também no mundo do trabalho e na economia local. Uma prova disto é que ele já abriga mais de 70 empresas de alta tecnologia ou relacionadas.

As empresas de base tecnológica estão vinculadas a cinco áreas especializadas: 1. Tecnologia da Informação; 2. Semicondutores, Automação e Engenharias; 3. Comunicação e Convergência Digital; 4. Nutraceutica e Alimentos Funcionais; 5. Novas Tecnologias Ambientais.

Um dos grandes trunfos do Parque Teconológico tem sido a attrração de uma grande empresa. Ao lado da Unisinos está sendo concluída a obra de construção e instalação da HT-Micron. Que será uma grande fábrica de chips e semicondutores que foi atraída por ele.

Além disto, o parque é considerado uma plataforma produtora de tecnologias mais internacionalizada da América Latina, contando com empresas residentes em 9 países.

Recebendo diversas formas de incentivos e apoio dos governos Federal, Estadual e Municipal ele praticamente está consolidando um novo CLUSTER PRODUTIVO no Vale dos Sinos na área de Tecnologia da Informação.

Após 14 anos o Pólo é o maior e o mais importante no Brasil e na América Latina. Mas para manter-se nesta posição luta continuamente se incrementando e se ampliando.

Ocorre uma forte geração de empregos com boa remuneração no Tecnosinos.

A perspectiva à médio prazo é de criação de 2000 empregos, repito dois mil empregos para jovens de nível médio, técnico e com graduação ou cursando graduação.

Em geral, os salários iniciais são entre R$ 2.000,00  e R$ 3.600, para os jovens com boa base em ciências, matemática, física e inglês.

Os funcionários do Tecnosinos são 30% locais e todo o resto é oriundo de outras cidades, estados e países. Uma das vantagens de quem trabalha no Tecnosinos é que o Pólo fica ao lado da Unisinos permitindo também compartilhar e compatibilizar estudo e trabalho praticamente no mesmo local.

O Pólo acaba por gerar novas demandas de profissionais e muitas ofertas de emprego para alunos de cursos técnicos e de engenharias e tecnologia da informação.

Um das idéias da gestão apresentadas na Audiência é promover estudos para viabilizar um PRONATEC focado e dirigido à formação de jovens com perfil para trabalharem no pólo ou também constituir uma espécie de curso pós-médio em TI para fortalecer as bases de conhecimento necessárias para o ingresso no trabalho de lá.

A unidade gestora do Parque Tecnológico oferece um Programa chamado Talentos Tecnosinos para atrair jovens trabalhadores e focados na aprendizagem e aquisição de conhecimentos para trabalharem lá. Cito:

“Preocupados com a crescente falta de mão de obra do setor de TI, o Tecnosinos lançou, nesta quinta-feira (29/9), o programa Talentos Tecnosinos, que tem por objetivo a formação e a qualificação de recursos humanos para atuarem junto às empresas do Parque Tecnológico São Leopoldo. 

Divido em seis áreas de atuação - Projeto Escolas, 200 Talentos, Calouros, Idiomas e Extensão, Graduação e Pós-Graduação - o programa irá atuar na captação e qualificação de mão de obra desde o ensino técnico até os cursos superiores. “O nosso principal insumo é recursos humanos, sem pessoas não conseguimos promover a inovação. E essa tem sido uma pauta constante no parque, por isso a criação desse projeto vai ajudar a trazer mão de obra para o Tecnosinos”, destacou Susana Kakuta diretora executiva do parque.

A intenção dessa iniciativa é trazer para o Tecnosinos, só neste semestre, 2 mil jovens, que serão apresentados as expertises e áreas de atuação das empresas. Segundo o presidente da Associação das Empresas do Parque, Oldemar Brahm, esse programa vai contribuir não somente com as empresas, mas também irá ajudar a mudar a situação da região. “Quanto mais jovens empregados, melhor será a qualidade de vida que estaremos gerando para a sociedade.” 

No Projeto Escola, 12 instituições de Ensino Médio do Vale do Rio dos Sinos, estão participando do programa. O objetivo desse eixo é aproximar os alunos do último ano, principalmente de escolas técnicas públicas, das especialidades do Tecnosinos. Os estudantes passarão um turno nas dependências do parque, conhecendo as empresas e suas áreas de atuação. “Essas ações articuladas entre organizações, escolas e universidade são muito importantes para os nossos estudantes, pois promovem uma integração”, destacou Maria Inês Utzig Zulke, diretora executiva da Fundação Liberato, de Novo Hamburgo, uma das instituições participantes do programa.

Esse projeto também está diretamente ligado ao Projeto 200 Talentos, que visa capacitar 200 jovens, através de cursos de curta duração nas linguagens essenciais e que representam a maior demanda de competência para as vagas em aberto no Tecnosinos, como PHP, @NET, JAVA, Programação básica,  em um período de 10 meses. “As empresas estão sedentas por mão de obra, pois é só com recursos humanos capacitados que poderemos continuar crescendo e gerando mais empregos”, acrescentou Brahm. 

O (ex) prefeito municipal de São Leopoldo em 2012, Ary Vanazzi, também destacou o quanto esse programa vai contribuir para concretizar, ainda mais, São Leopoldo no mapa da tecnologia mundial. “Já fomos considerados, pela pesquisa realizada na Você S.A., como uma das 100 melhores cidades para se fazer carreira no Brasil. Isso mostra o prestígio do parque e das competências que estamos gerando aqui. Temos que continuar investindo, para continuar nos destacando. E esses investimentos precisam estar fortemente ligados a educação”, ressaltou.  

O programa também inclui o projeto Calouros, que capta talentos nos primeiros semestre dos cursos, e os projetos Graduação, Pós-Graduação e Idiomas e Extensão que visa qualificar a mão de obra que já está atuando no parque através da concessão de descontos nos cursos da universidade. “Não é por mágica que São Leopoldo está se tornando o que é hoje, isso é resultado de um esforço coletivo”, finalizou o reitor da Unisinos, padre Marcelo Fernandes de Aquino.”  

Ao concluir sua apresentação a Sra. Suzana convidou as escolas presentes a participarem deste programa. Ao que nós, ao final, após todas as manifestações sobre outros assuntos  respondemos positivamente em nome da nossa Escola, com o interesse dos alunos e também com a construção de uma relação institucional que será aos poucos construída com novas interfaces, colaboração, intercâmbio e mudanças necessárias para alavancar um projeto de parceria e sucesso. Em princípio entendemos ser necessária uma discussão de currículo e de perfil final dos jovens egressos de nossa escola. Inicialmente em Matemática, Ciências Naturais e Língua Inglesa. Mas creio que um bom reforço de algums temas e conteúdos nas outras disciplinas de humanas e linguagems podem também elevar a performance dos nossos alunos para estas seleções.


Creio, por fim, que qualquer esforço nosso neste sentido acabará por elevar a performance dos nossos alunos em diversas outras seleções e aprendizagens: Cursos técnicos, empregos, vestibulares e etc. O que é um ganho qualitativo para a escola e a comunidade e constrói uma perspectiva mais positiva para os jovens e nos ajudará a evitar e reduzir a evasão e quiçá aumentar a procura por vagas em nossa escola também com uma parceria institucionalizada.        

COMENTÁRIO DIVERSIONISTA SOBRE AS MANIFESTAÇÕES

Por outro lado, quero fazer um COMENTÁRIO DIVERSIONISTA AQUI: vejo no protesto algo diferente: eu acho que o povo quer é gozar mesmo, é uma busca de uma catarse...que envolve sim a rejeição a isso e a aquilo..ou ao tudo em geral...mas também uma euforia cidadã...isto eu tb noto viu.....por isto algumas manifestações não tem tanto conteúdo, tanto argumento e tanta informação mesmo ou o conteúdo não importa o que importa é estar ali junto...então ao contrário dos APOCALIPTICOS eu vejo algo mais simples.....ainda que tenha seus perigos e que possa acabar em desvios....queria muito ver a interpretação de alguns antropólogos (as) e sociólogos (as) que já não estão mais entre nós...ou seja...não dá para olhar para este movimento somente com uma determinação de classe ou com uma determinação ideológica....o programa eles querem ver depois....acho que isso é o signo da falta de partidos tb...e espero que vejam mesmo.....boa noite....

domingo, 23 de junho de 2013

O MEU MOVIMENTO CHANGE BRASIL É ESTE - SE VOCÊ NÃO TEM O QUE FAZER NÃO ME ATRAPALHA

Neste exato momento alguém poderia pensar que estou ocioso aqui NA INTERNET.

Pois pasmem, me envolvo agora mesmo com muita alegria e disposição em três importantes projetos sob as mãos e os meus olhos aqui. 

E todos eles significam progresso e avanços na educação e não dependem só de mim. 

Dependem de governos, partidos, cidadãos e cidadãs, alunos e alunas, educadores em geral. 

Envolvem recursos, esforços, disposições, ânimos e entusiasmo das pessoas para promover a ampliação dos empregos e e melhores empregos, incremento da aprendizagem, melhoria das condições físicas e pedagógicas de ensino e aprendizagem, mudanças curriculares e parcerias institucionais escola pública, universidade, empresas, gestores e sociedade. 

O mundo não acabou., a luta continua e eu não vou mesmo desistir de trabalhar ou de apostar no futuro do meu pais e do meu trabalho. 

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. 

E todos os meus horários desta semana nos três turnos envolvem estas coisas com mais pessoas e apoios e o meu trabalho sagrado em sala de aula. Não estamos sozinhos e não vamos parar. 

"Nós só vamos parar, quando o mundo acabar, quando todos morrerem, quando nada restar..." 

Três ou seis pistas para os próximos e colegas: PIBID, PNO, Orçamento Escolar, Tecnosinos, Currículo Escolar e Planejamento e Objetivos de Ensino da Área de Humanas.....

CHANGE BRASIL CANALHA!!!

O que ele faz não é promover uma MUDANÇA NO BRASIL, CHANGEBRASIL, MAS SIM UMA CHANTAGEM SOBRE O BRASIL. Valeu!!! Muito obrigado pela tua contribuição ao progresso do nosso país!!! Enquanto milhares e milhões de brasileiros trabalham arduamente para ganharem seu pão e construírem um  país melhor, sendo sérios e responsáveis, alguns oportunistas aproveitam a onda para  desfazarem nossas conquistas e nos desmoralizarem. Fico pensando nos milhões de professores, profissionais de saúde, profissionais de segurança pública, servidores públicos, profissionais liberais, prestadores de serviços, agricultores e em todos os brasileiros que apostam no Brasil, que acreditam no futuro do Brasil. Sei que nenhum deles é a favor da corrupção, mas quem faz o que este cara fez também não ajuda em nada. Isso me aborrece profundamente e não tem nada que ver com política, partidos ou democracia. É uma típica iniciativa CANALHA e MAU CARÁTER!!! 

SAÚDE, CONTROLE SOCIAL E PARTICIPAÇÃO

A resposta à tua pergunta: onde foram aplicados os 500 BILHÕES na saúde? Não pode ser retórica nem uma questão de crença.

TE DOU UMA DICA: ENTRA NO SITE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO E OLHA OS REPASSES DE RECURSOS PARA A SAÚDE DE SÃO LEOPOLDO.

Outra dica é participares DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE E APARECER NAS REUNIÕES DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE.

Todos os recursos aplicados na saúde em São Leopoldo passam ou devem passar por lá.

Outra forma de examinar isto é começar a acompanhar as auditorias do CGU e Tribunal de Contas do Estado em seus sites e em seus endereços.

Nestes lugares você vai encontrar direitinho o que foi devidamente aplicado, o que não foi e quais processos existem para reaver recursos mal aplicados.

Mas já te digo de saída: a saúde precisa sim mais recursos, mas também precisa mais gestão e mais educação em saúde.

Nas duas coisas o POVO pode participar e muito mais.

Na gestão através do controle social, fiscalização e vigilância permanente sobre a execução dos programas e a qualidade do atendimento. Isso pode ser feito via CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE e também via a ataução de organizações comunitárias como as associações de bairro e etc.

Na educação em saúde os cidadãos podem atuar bem mais buscando informações sobre como evitar doenças, prevenção e etc.

Fico feliz que os jovens estejam tão preocupados com a saúde pública, isto porque precisamos mesmo de mais cidadãos envolvidos na saúde, até mesmo para poder discernir os políticos, os CCs, os servidores, os médicos e etc, que realmente defendem a saúde e trabalham por ela e também para aumentarmos a compreensão dos cidadãos sobre as políticas de saúde, como é o caso da atração dos Médicos estrangeiros para atuarem em locais com carência de profissionais e para aumentar o exército médico neste pais que faz a dura guerra contra doenças, ignorância e os resultados provocados pela falta muitas vezes de cuidados básicos em saúde e em prevenção às doenças.

E quero te dizer, também, e a quem interessar possa, que hoje em dia todo o recursos públicos são aplicado de forma transparente e qualquer cidadão pode fiscalizar e exigir a prestação de contas disto e na minha opinião devem fiscalizar mais a aplicação dos recursos públicos. Inclusive nas escolas públicas, nas gestões federais, estaduais e municipais de educação, e também nas câmaras de vereadores.

O Brasil é hoje um dos países mais avançados neste tema da transparência e do controle público dos gastos, mas há ainda muito desconhecimento sobre isto e muitas vezes aquilo que é algo normal e regular é transformado em notícia ou manchete negativa e de forma tendenciosa pelos meios de comunicação. Ao mesmo tempo, se pode observar que tudo que dá certo no serviço público tende a ser personalizado e isolado do seu contexto de tal modo a dar uma impressão de que o acerto é uma exceção à regra. De que nunca o acerto ocorre em virtude da forma que o sistema foi concebido e etc. E, veja bem, aquelas coisas que precisamos corrigir dependem, na minha opinião, muito mais desta entre outras formas de participação do que propriamente de protestos ou passeatas.

Mas sim, é preciso participar bem mais e ser ouvido bem mais também e eu ficarei muito feliz que os jovens que acordaram agora passem a atuar neste sentido.

O MPL é um exemplo disto também, porque atua e fiscaliza o tema do transporte público a mais de 8 anos no Brasil.

Porque esta participação e fiscalização ajuda muito. A democracia não é só o voto é a construção das opções e ao acompanhamento das gestões e dos mandatos..e para isto não basta ler jornal ou ver televisão não.


É preciso se envolver efetivamente  na fiscalização e acompanhamento das gestões. Haverá de chegar o dia em que todos nós saberemos cumprir algum tipo de papel nisto, independente de recebermos remuneração e o faremos de forma voluntária. Porque isto também foi uma grande conquista na nossa democracia esta possibilidade de CONTROLE SOCIAL.

FUTEBOL E ALIENAÇÃO

Diálogo com uma amigo:

J., Tu viu a seleção jogando ontem?
D, Não!
J, Caraca meu, deram um banho de bola na Itália, principalmente no segundo tempo, o Neymar deixou de ser moleque e virou um grande jogador de verdade saindo da arte para o profissionalismo e tu não viu o jogo?
D, Não!
J, Nossa, tu tá te ocupando demais com a política, esta tuia agenda de a escola e as aulas e está perdendo o que está acontecendo em campo cara. Eu sei que você gosta de futebol. Gosta de ver e de jogar e sei que você gosta de jogo sério e o jogo tá ficando sério agora. Não te aliena meu....
D, Quer saber? Vou assistir o próximo jogo inteiro, então. Você tem razão mesmo J. A gente sempre quis isso e agora que isso é possível a gente vai perder? Não vou não.
J. Ainda bem...pensei que....
D, Ora, esquece....

NEM ISSO E NEM AQUILO: AS TROPAS DE CHOQUE E A PEC 37

ISSO é realmente um espaço democrático...dois amigos meus correndo em direções opostas as minhas e eu vou ler e não entendo...mas tudo bem pode ser uma escolha conceitual, pode ser um equivoco e pode ser que eles pensando chegaram até isto ou isto é o tempo em que eles se encontram na história...fazer o quê...NADA...sei que NÃO É NEM ISSO E NEM AQUILO...ou penso assim...traduzindo por tudo que li e penso sou sim a favor da PEC 37...e por tudo que sei e já vi SOU CONTRÁRIO A DISSOLUÇÃO DAS POLÍCIAS DE CHOQUE, ainda que me sinta violentado junto com todos os inocentes e ainda que já tenha sofrido no couro com isto..e em circunstâncias em que se defendia a vida do meu irmão e de seu amigos mais jovens e também na luta estudantil e sindical...tenho uma cicatriz na cabeça até hoje...mas não aceito mesmo que a sociedade, o patrimônio público e tudo aquilo que os trabalhadores construiram sejam destruídos por vândalos, arruaceiros, bondes e turbas sem projeto e sem direção..quero muito que nossa sociedade seja menos desigual em todos os sentidos, mais democrática, com mais participação e sem corrupção...mas vejo em horas como esta aquilo que Freud chama de Mal estar na Civilização...a barbárie ameaça ali ao lado...e precisa sim ser reprimida....não podemos tolerar isto....POR ISTO TAMBéM FIQUEI TRISTE porque meu idealismo se sente violentado com muita coisa que eu assisti nestes dias...ainda que tenha ficado feliz que esta geração e muito outros despertaram para alguma forma de participação civil ...e que esta tenha sido a forma deles..cousa que eu desejava que acontecesse a muito tempo....BOA NOITE!!!

sábado, 22 de junho de 2013

SOBRE MINHA POSIÇÃO POLÍTICA COMO MILITANTE DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - PEQUENA RESPOSTA NUM LONGO E PERMANENTE DIÁLOGO

SOBRE MINHA POSIÇÃO POLÍTICA COMO MILITANTE DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - PEQUENA RESPOSTA NUM LONGO E PERMANENTE DIÁLOGO

Eu construí sim com muitos amigos e companheiros e companheiras um partido para lutar pela causa do povo, pela causa dos trabalhadores.

E isto começou para mim lendo um texto chamado o MANIFESTO COMUNISTA cuja exemplar era mimeografado e passado de mão em mão quase que sigilosamente no final dos anos 70. Eu continuo querendo ver os trabalhadores unidos. E continuo com muita tranquilidade confraternizando com os meus colegas trabalhadores, educadores e cidadãos. E a tradução brasileira disto para mim é um ideal sim. Aprendi que para fazer a grande política é preciso sim GOSTAR DE GENTE e confesso com muito orgulho que continuo me alegrando com as pessoas e que continuo andando ao lado de pessoas que são assim. Não cultivo ódios, nem invejas, muito menos faço do meu trabalho e da minha luta uma disputa mortal - tudo ou nada ou em que vale tudo - para mim não vale tudo não. 

Nesta educação política aprendi a carregar uma definição dura e rigorosa do que devo combater. O que é em meu conceito objetivo de luta desde então A EMANCIPAÇÃO DA EXPLORAÇÃO E DA DOMINAÇÃO.

E enquanto eu souber que este meu partido corresponde a isto, tem programa, faz gestão e constrói o tipo de política que eu entendo ser necessária, ele continuará sendo meu único partido como tem sido nestes 33 anos, ou mais. Este é o partido com o qual eu consigo me identificar e construir a política. É através do meu trabalho e organização com outros militantes neste partido através de debates, elaborações e ações coletivas que me sinto contribuindo para a sociedade em que vivo. Já escrevi propostas e programas e já vi muita coisa que foi escrita por nós com muito esforço de pensamento e discussão ser realizada. Sei que isto continua sendo feito e continuará sendo feito pelo bem do Brasil e do povo brasileiro.

Assim, creio que devo ser respeitado e reconhecido no meu direito de dizer que ficarei nele....ainda tenho boas razões para fazê-lo...e nenhuma delas compactua com corrupção ou com desprezo com o povo do nosso pais. Sobre isto vou usar e defender sempre um critério que meu companheiro Ronaldo Zulke sempre usou e continua usando e que nós todos daquela época sempre temos em mente: O NOSSO CRITÉRIO PARA RESPONDER SEMPRE A QUESTÕES DE QUALQUER TIPO É: ISTO É BOM PARA OS TRABALHADORES E AS TRABALHADORAS? se assim é, assim o fazemos. Claro que devo avisar que nós dilatamos e ampliamos nosso conceito de trabalhadores o que inclui todos aqueles que ainda não são trabalhadores, aqueles que estão desempregados, desamparados pelo estado brasileiro e também todos os cidadãos e cidadãs. E fizemos esta ampliação justamente para governar para todos e com todos. Parece uma ambição excessiva, mas bem  este é o verdadeiro desafio de governar no Brasil.


Não desaprovo o movimento de forma alguma...este povo despertou assim...que diz que acordou...acordou desta forma e com estas bandeiras do PASSE LIVRE, LIBERDADE DE MOVIMENTO e por estes motivos ADICIONAIS SE ERGUEU ESTA GRANDE MASSA: COMBATE À CORRUPÇÃO E MELHORES SERVIÇOS PÚBLICOS, além de serem é claro ouvidos com respeito pela classe política no que eu concordo aliás e te daria milhares de exemplo de quando isto não acontece.

E eu aceito sinceramente quase todos os motivos, com um único senão contra o vandalismo e com esta forma muito desorganizada e sem lideranças e cabe a mim como militante político compreendê-lo, ouví-lo e também debater aquilo que ele apresenta e aquilo que ele não entende só isso...como a questão dos partidos e da política brasileira em geral. E tudo que você ler aqui no meu mural ou no meu blog vai tratar disto, sobre isto e também em como ir para além disto. Se você aliás ler meu mural ou blog antes verás que andei postando coisas semelhantes as que digo agora muito antes.

Quero avançar sim...não sou mesmo dado a fazer decreto de fim do mundo ou fim de linha...e não sou pessimista ou terrorista...não defendo discurso depressivo em coisa alguma...defendo sempre a dureza e  a seriedade em qualquer debate....e sigo na luta sim...com toda a minha força, franqueza, coragem e honestidade de sempre.  E se esta luta tiver que incluir o meu direito democrático de escolha política de novo...como já ocorreu ao final dos anos 70 e por quase todo os anos 80 e 90...quando apesar de sermos um partido devidamente registrado e regular também fomos perseguidos e sofremos todo tipo de ofensas...lutarei com muito mais força hoje e conto sim com o apoio necessário mesmo daqueles que um dia não me compreenderam em minhas opções políticas. O Brasil mudou sim e vai continuar mudando mais ainda, apesar daqueles que não estão gostando disto e que tem muitos motivos e interesses contrários a estas mudanças. Só precisamos talvez entender de fato e discernir com clareza quem é quem neste cenário e apoiar e construir aquilo que interessa para avançar.


Por fim, tenho muito orgulho de acreditar que meus alunos e alunas poderão ser grandes pessoas e fazer grandes contribuições para que a política tenha mais qualidade independente de em qual partido o farão..espero isto deles e aposto neles....não vejo sinceramente nenhuma necessidade de se fazer política em um partido único...assim respeito as escolhas dos outros e só discuto os programas, as atuações e seus compromisso...como qualquer outro militante e cidadão deste pais pode e deve fazer...

FALAR COM RESPONSABILIDADE E ESCOLHER COM QUALIDADE: A POLÍTICA NO BRASIL PÓS MANIFESTAÇÕES

Penso que as pessoas deveriam falar com o tamanho da responsabilidade que elas exigem dos governantes.

E penso que elas tem todo o direito de ter opinião, de exigir dos governantes soluções, medidas e mudanças. Aliás, só faço política com a perspectiva da mudança, nunca fiz nada em toda a minha vida de cidadão que começou ali pelos 14 anos – dez anos antes de poder votar pela primeira vez para presidente – sem pensar fundamentalmente na mudança e numa mudança para melhor. Então acredito sim que a mudança começa coma gente. Com o nosso nível de compreensão, comprometimento e envolvimento com as soluções propostas. E eu entendo que numa democracia temos a liberdade sim para podermos divergir com tranqüilidade e não aceitar certas soluções, mas julgo criminoso que se faça blackout, boicote ou banalização do que é muito sério. Penso que a política é algo muito mais importante do que parece. Sei que não somente a educação, a saúde, a segurança e a vida das pessoas hoje depende dela e da sua qualidade, mas também o nosso futuro depende disto. E sei – tenho a mais absoluta convicção disto – que não é assim que muitas pessoas votam não, e nem é assim que elas emitem opinião também. Não acho que vamos mudar a qualidade da política brasileira sem mudar a forma como nos relacionamos com ela. Não se muda a política brasileira indo lá apertam os botõezinhos não de dois em dois anos. E na vale mais – para mim – após todas as experiências que já passei dizer que é TUDO CULPA DOS POLÍTICOS.


Então, não acho nada educativo nem um sinal de progresso que eu poste aqui informações sobre a atual estrutura e limites de autoridade brasileira..que não foi feita para a gente zoar, nem para brincar de opinião..e rola um debate deste tipo em que o que menos aparece é uma compreensão que ajude a resolver os problemas do Brasil...eu sei bater mais e com mais força do que todos vcs  juntos...- com todo respeito que todos vcs merecem -  e vivi um tempo em que muitas coisas que hoje s~/ao possíveis não estavam nem no nosso horizonte de possibilidade - eram um sonho - então calma pessoal...MINHA OPINIÃO É:  dilma disse exatamente o que deveria dizer e exerce a presidência com máxima dedicação..mas ela governa para os brasileiros e com todos os políticos que os brasileiros elegeram...podemos e devemos mudá-los..melhorá-los e corrigí-los....demitir alguns e substituir outros...mas o melhor instrumento para isto é o VOTO..e eu penso que a melhor forma de votar é com conhecimento e  clareza das opções, programas e alternativas oferecidas....quando era professor na Escola Estadual Fernando Ferrari em Campo Bom criei uma espécie de teoria: A TEORIA DA ESCOLHA QUALIFICADA - que significa simplesmente VOTAR COM PLENO E MÁXIMO CONHECIMENTO DAS OPÇÕES E COM MUITA RESPONSABILIDADE....é isso...ams debater também envolve este pressuposto..dar opinão ou tomar posição com pleno conhecimento da realidade e não no achômetro ou na mera opiniática...é preciso ter responsabilidade também sobre suas opiniões para MUDAR A POLÍTICA BRASILEIRA...e eu não brinco com isto..porque acho que é um grande desrespeito com todos aqueles que levam a sério este assunto..e eu levo a sério..se vc acha que não..me exclua de tuas relações...me fará um favor....porque isto é que é respeito...um abração amigo...

quarta-feira, 19 de junho de 2013

RELATO DE INFILTRAÇÃO NO MOVIMENTO MPL: MANOEL J. DE SOUZA NETO

Relato de como descobri os infiltrados nos movimentos do MPL pelas ruas do Brasil.

Acredito que descobri quem são os infiltrados no movimento MPL. Quem esta agitando na rua, e quebrando tudo, é a direita!
Desconfio que descobri a infiltração no movimento de rua do MPL. Tem vários nomes, movimentos, mas uma forma de agir, cooptar e incitar a violência. E só descobri isso porque lancei uma isca e deu certo!
Para a turma que ainda acredita que tem uma divisão no MPL em São Paulo, que existe bagunceiros quebrando tudo, e que isso ocorre ao acaso, tenho uma bomba pra vocês. Não é divisão... é infiltração.
A semana inteira estive informando que tem uma infiltração da direita dentro do movimento das ruas. O que esta em ação, é o mesmo plano que levou o Jango a ter que aceitar o parlamentarismo em 1962 e posteriormente resultou no golpe em 1964, só que agora contra o PT. Estão inflamando jovens conservadores para criar o caos. Com o governo sem ação e com o discurso de que existe perigo de um golpe de esquerda à direita, associada a militares e religiosos surgira com o discurso de que precisam tomar o poder para limpar a casa. Mas a história, como todos sabem, se repete duas vezes, e a segunda como farsa. Estamos diante de uma revolução de fundamentalistas religiosos, aliados as elites golpistas conservadoras. Atentem aos sinais.
Comecei a desconfiar dos contornos dos agitadores que agindo contra as recomendações do movimento MPL tentam quebrar tudo nas capitais, quando procurado para ser suposto líder de um movimento revolucionário! Apresentaram-se como pertencentes a organizações "sem nome"... após insistência me deram nomes de movimentos como "Basta Brasil" e "Brasil Bem Comum". Me procuraram aleatoriamente por que viram minha imagem do "anonymous" e minhas postagens das fotos do evento do MPL no meu perfil. 
Me acharam um suposto “indignado”, sem saberem que sou de esquerda e não me oponho ao governo do PT, mas me oponho a violência da policia de Alckmin, e acredito que a política brasileira de lado a lado esta corrompida. Dei corda e deixei eles escreverem, descobri que eles estão cooptando pessoas com diversos nomes de entidades e movimentos, buscando jovens para fazer estes atos. Justificando que o governo Dilma é corrupto e que é hora de se indignar e fazer uma revolução. 
É o mesmo grupo que está com o abaixo assinado pedindo impeachment dela, é só ver as imagens de fotos das pessoas com bandeiras do Brasil, fotos do Anonymous e seguir as conexões. Estranhamente, se fizermos as conexões, iremos acabar não apenas achando PSDB, partidos de direita, bem como ligações com a banca evangélica. O caso me sugere mais sério do que um simples levante desordenado... e o movimento do MPL não é o movimento que esta criando a desordem. É evidente a forma que estão agindo. Eles devem ter milhares fazendo isso... juventude do PSDB? Quem mais?
Criam páginas secretas no facebook com nomes como “Brasil Comum”, procuram ativistas que estão reclamando da situação. Emitem uma isca para ver o perfil da pessoa. Eles estão criando pequenas células que ficam ocultas. Listas de facebook fechadas não podem ser identificadas nem localizadas. Se der errado a célula, podem apagar sem maiores estragos sem chamar atenção. Antes de entrar me fizeram uma pergunta. Se eu estava pronto para ser líder? Disse que sim, pra ver do que se tratava o grupo. Fui cadastrado na página após ter aceito o papel de “liderança”... dentro mensagens de ordem. Ou seja, eles estão cooptando com o pressuposto de incitar uma revolução. Convidam as pessoas para uma suposta ação heroica. Chamam de "guerreiros", falam em salvar a nação, luta contra corrupção, etc... assim que viram minhas opiniões, pararam de conversar comigo. Iniciei um bate papo com o agente golpista...
Olhe o texto da postagem do rapaz que tentou me cooptar. Vou omitir o nome dele, chamando de anônimo: 
anônimo 
"Traçar os objetivos da Manifestação, os objetivos que são comuns a todas cidades e estados do Brasil.
Recrutar os líderes das cidades com manifestação.
Curtir • • Seguir publicação • há 7 horas"
Olhe o texto dele, como me abordou: 
Anônimo

"Manoel Neto, vc se sente pronto para ser líder dos manifesto? Importante uma resposta sua!"
Após a resposta, me cadastrou no grupo.
Este tipo de figura de direita, que esta articulando gente para as ruas... Eles pedem que as pessoas coloquem bandeiras do Brasil em seus perfis... e recomendam que o movimento de rua seja contra a corrupção do PT. Até então, não tinha ideia com quem estava tratando. Logo em seguida ele se identificou, mas só após muita insistência:
anônimo 
"somos da Curitiba Ativa, e organizadores do Dia do Basta 
E abrindo campo ainda..."
Como todos sabem, o Dia do Basta, se valeu das mascaras dos anonymous e tentou forjar uma ação do grupo no Brasil, que de fato, não era do Anonymous, mas sim, uma ação articulada pela direita. Tem PSDB por trás disso... Até brincamos na época, que os ataques hackers que ocorreram no Brasil... eram os hackers da direita... O dia do Basta, tem PSDB e partidos de direita de Minas, São Paulo e Rio de Janeiro no comando... era uma tentativa de levantar o povo contra o PT, usando a associação ao mensalão, com atual governo, como motivo pra gerar revolta popular e a derrubada do governo....
Eles é que estão infiltrados no movimento de rua do MPL... e só se abriram comigo, porque se enganaram com a imagem que eu coloquei no meu perfil... 
Isso é o que esta ocorrendo no Brasil. Existe o movimento legitimo, que esta lidando apenas na pauta das tarifas de ônibus e existe o movimento golpista, que pretende derrubar a presidente Dilma. 
Manoel J de Souza Neto
 —

SIM, VOCÊ NÃO TEM PARTIDO E ESTÁ NO MOVIMENTO? LEGAL

Vc pode não ter partido...pode ser anarquista...pode ser o que quiser...mas esta luta também envolve mudar isso....pq o problema não está só de um lado da faixa...isso me parece ser a mensagem mais universal deste debate...tá todo mundo levando laço...inclusive quem acha que está batendo um bolão...pq este Brasil que está ai é responsabilidade sim de todos...postei o artigo não para te impedir de ter opinião..mas para divulgar uma outra opinião...isso é democracia e creio que vc é a favor da democracia...então é só uma questão prática...simples assim...com todo respeito...   

MANIFESTO DE UM MILITANTE DO MPL - MOVIMENTOS DEMOCRÁTICOS SÃO SUPRAPARTIDÁRIOS


MOVIMENTOS DEMOCRÁTICOS SÃO SUPRAPARTIDÁRIOS.

A luta contra o aumento de tarifas é justa e necessária e merece o apoio da população, dos movimentos organizados, repudiar a violência policial às manifestações pacíficas também é obrigação de todo não fascista. O MPL não é esta babaquice que está tomando conta da Paulista. Aliás, já passou da hora do Movimento Passe Livre se manifestar e repudiar esta babaquice poser despolitizada.

O MPL é um movimento social de ESQUERDA e não NEOUDENISTA!

Apoiar esses manés despolitizados que se dizem sem partido, mas querem derrubar uma presidenta eleita democraticamente é destruir possibilidades concretas de lutas legítimas.

Dá uma vergonha alheia ver esses coxinhas que acham que vivem na Turquia ou Egito e que ao pôr bandeira do Brasil nas costas e repetir refrão autoritário é ser 'revolucionário'. No começo achava engraçado ver aquele bando de poser literalmente ir pra Paulista para posar pra fotografia. Inofensivos e só eram bobos, mas daí eles começaram a ficar mais vaidosos e ao menor sinal de politização do ato berram seu grito idiota e autoritário: "sem partido"!

Sem partido é o caráleo, seus neoudenistas autoritários, nenhum movimento democrático cerceia liberdade de expressão, de agremiação, movimentos democráticos são suprapartidários.

Querem melhoria da Educação? Vão para o Congresso pressionar nossos deputados a votar os 100% dos royalties para a Educação.

Querem combater a corrupção? Exijam CPI da Privataria Tucana, o julgamento do mensalão demotucano, a investigação de governadores ligados a bicheiros, grupos de extermínio, exijam transparência nos gastos dos governos que alimentam mídias golpistas e chantagistas.

Deixem de ser manés seus neoudenistas e não envergonhem a juventude brasileira com este espetáculo grotesco de pedir impeachment pra uma presidenta que foi eleita democraticamente, que tirou impostos (PIS/Cofins) das empresas de transporte coletivo. Dilma merece um monte de críticas, mas estranhamente nenhuma das críticas que seu governo merece estavam ontem na Paulista. Nenhum cartaz sobre Reforma Agrária, sobre assassinato de indígenas, sobre democratização da mídia. As baboseiras expostas por neoudenistas não podem ser levadas a sério.

SEM PARTIDO É O CARÁLEO, BANDO DE COXINHAS NEOUDENISTAS!

No país que vivemos não é proibido agremiações partidárias tampouco expressar o pertencimento a elas. Como disse Lélia Abramo quando o pulha do Maluf e seus leões de xácara a derrubaram na posse daquele nojento: "Desfraldem as suas bandeiras!"

PT, PSOL, PSTU, PCO e demais partidos não REACIONÁRIOS saiam às ruas e politizem esta bagaça. Parcela da culpa é de vocês em aceitar esta conversa mole de movimento aparditário, de guerrearem entre si mesmo quando as lutas são comuns, por se burocratizarem e se distanciarem da juventude.

Na próxima manifestação que eu for, vou fazer uma bandeira do maior tamanho que possa carregar com símbolos de todos os partidos de esquerda de um lado e do outro vou escrever em letras garrafais: SEM PARTIDO É O CARÁLEO!

terça-feira, 18 de junho de 2013

MILITANTES PARTIDÁRIOS PODEM ANDAR COM SUAS BANDEIRAS NOS ATOS?

Eu postei uma mensagem do PLÍNIO DE ARRUDA SAMPAIO que fala no direito dos militantes partidários seja de qual legenda forem participarem dos atos POLÍTICOS com suas BANDEIRAS e de poderem MARCHAREM  sendo respeitados.

Mas confesso que o fiz pensando nos meus companheiros dos partidos de esquerda..não tão preocupado com outros, mas por uma certa razão bem pessoal minha.

Em respeito a dignidade de todos os militantes de esquerda que eu conheço que merecem sim bem mais respeito do que tem recebido.

Muitos deles aliás nunca tiveram poder político algum em coisa alguma...e não se trata aqui do PT...eu sou PT...tenho partido político à muito tempo  e respeito muito todos os militantes de esquerda porque jamais vou abandonar ou desrespeitar aqueles que entregam a sua vida por uma causa política, por uma causa coletiva.

Não falo de gente que hoje está assim e amanhã estará assado, falo de pessoas que sempre lutaram e sempre estarão na luta...que não dependem do vento, da moda, da onda ou de qualquer tipo de apupo ou prestígio para lutarem.

Conheço muitos, conheci muitos, conheci senhores que já se foram e que aos 65, 70, 75 anos ou 100 anos sempre lutaram e tiveram lado, posição, então creio que não é pedir demais nem exigir nada demasiado que se aceite que eles continuem lutando e marchando como sempre marcharam respeitando e sendo respeitados.

Não haverá o dia em que será realizada uma justiça final, mas eu confio na história e confio que no futuro haverá mais sabedoria do que no passado.

Então calminha ai meu filho, você também vai errar e também vai governar este país um dia e eu penso que fará isto melhor quando entender que precisa fazer isto com todos e para todos.

Mesmo com aqueles que você não entende, não conhece e dos quais não sabe nada, a não ser por ouvir dizer..

EU respeito muito o Plínio, apesar de poder divergir dele, mas penso que ele tem a mais correta e absoluta razão no que expressa abaixo: 


Plínio de Arruda Sampaio:

"Há um pessoal que acabou de descobrir as manifestações de rua e está, de maneira autoritária, querendo impedir a participação de partidos em protestos. 

Criticam a instituição dos partidos, mas não criticam a instituição do Estado e o sentimento conservador nacionalista; cantam que são "brasileiros, com muito orgulho, com muito amor" e tentam agredir militantes de partidos.

Chegamos ao cúmulo de ouvir no ato em São Paulo "abaixa a bandeira do partido e levanta a do Brasil". Não interessa se a maioria não quer bandeiras de partidos. Como já dissemos aqui, democracia não é a opinião da maioria. Se a maioria tentar calar uma minoria, deixa de ser democracia.

Nos atos e manifestações anteriores, os companheiros de diversos partidos estavam na rua, sendo reprimidos pela violência policial que grande parte dos que gritavam ontem contra a presença de partidos nunca sentiram na carne.

Há relatos até de um militante do PSTU agredido fisicamente. De que adianta "acordar" se é para acordar o autoritarismo? Se estão se achando novos por serem nacionalistas, patriotas e antipartidos, gostaria de sugerir a leitura do Ato Institucional nº 2, de 1965. Só isso."

O DAY AFTER DAS MANIFESTAÇÕES E O SEGUNDO PASSO: BOM DIA BRASIL!!!

Bom Dia..minha conexão amanheceu ruim e só agora consegui dar a devida atenção ao noticiário e vou desenhar aqui um pouco mais da minha opinião...hoje é, afinal, o DAY AFTER!!!

Porque ontem foi o ápice da GRANDE ONDA DE MANIFESTAÇÕES PROTESTOS DO BRASIL EM 2013 – nada mais será maior que aquilo...

E agora temos que ver quais são mesmo as mudanças que temos que promover e defender?

Entre aquela batelada de coisas que foram listadas nestes meses que aqueceram a repugnância geral da nação com a política, com as notícias e com os acontecimentos, temos que ver o que se destaca no MOVIMENTO.

Eu não vejo como desfazer os estádios da copa por exemplo, nem vejo com bons olhos promover a anarquia por isto.

Aliás eu não tenho a menor dúvida de que não quero ser governado pelos caras que botam fogo em lixeiras, quebram vidros de lojas, incendeiam ônibus que me farão falta para ir ao trabalho ou passear, aliás que farão falta a muitos trabalhadores.

Não creio que posso me guiar pelos caras que tentaram destruir, quebrar e incendiar a Assembléia Legislativa do Estado do Rio De Janeiro ou invadir o Palácio Bandeirantes em São Paulo.

E também não vou seguir caras que tentam matar PMs ou que atacam, sem serem atacados.

Tenho absoluta aversão a este tipo de militante do vandalismo e do quebra-quebra.

Porque o símbolo dele sempre é ruim e sempre leva a nossa sociedade para aquilo que eu não quero...NÃO QUERO MESMO UMA SOCIEDADE VIOLENTA E NÃO VOU MUDAR A SOCIEDADE SENDO VIOLENTO, por mais corajoso que eu seja, por mais enérgico que eu pense....assim não podemos mesmo olhar para eles para nos guiar na definição do QUE FAZER? 

Temos que olhar para aquela grande parte deste povo que faz a diferença MESMO, ou seja as pessoas que querem PASSE LIVRE. Aqueles que querem passe livre afinal lideraram este movimento nacional e impulsionaram esta grande jornada - que ficou grande com duas outras bandeiras A DEFESA DO DIREITO DOS MOVIMENTOS e a REPUGNÂNCIA A UM TIPO DE POLÍTICA QUE HORA VIGE, e eu sei que esta política vigente só será derrotada nas urnas, não há uma solução imediata contra ela.

Na nossa democracia precisamos derrotar estes caras e vencer eles nas urnas...não vamos sair mesmo matando, caçando ou prendendo...temos que derrotá-los...tenho que me guiar também por meus desejos aqui e eu quero que aqueles que querem serviços públicos melhores me ajudem a tornar isto possível.

SERVIÇOS PÚBLICOS MELHORES DE SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA precisam muito mais do que mais verbas na minha opinião, precisam também de uma outra forma de se relacionar com elas e este povo que agora acorda pode sim fazer isto, e fazer isto envolve mudar o nosso modo de vida.

A Corrupção deve acabar sim, mas não creio que ela vai acabar trocando as moscas simplesmente. Precisamos eleger outras pessoas e literalmente aposentar uma geração quase inteira de políticos muito mal acostumados. E para isto vamos ter que eleger pessoas mais sérias e mais comprometidas sim e haveremos de encontrá-las. Mas vamos ter que bater um papo com muita gente para conseguir mudar isto. Tem muita gente que aceita eleger o amigão, o cara das tortas, o cara da ficha no posto de saúde, o cara da vaguinha na creche, o cara e a cara do emprego de CC, o cara e a cara que tem uma grana e que representa um status social que não é o nosso e etc.


E alguém vai ter que começar a aceitar o risco de apontar o dedão de novo para os 300 picaretas e para os pilantras. Porque senão o povo elege eles mesmo. E elege muiats vezes coma  ajuda dos adolescentes que fazem de conta que eleição, política e voto não muda nada.


Não tenho uma gota de ilusão de que a partir de ontem tudo mudou, tenho a impressão de que uma parte quer mudar mais do que antes. Mas a mudança não vem só com passeatas e protestos não. É preciso sim fazer política. E fazer uma política que não fala só de direitos, que nos fala também de obrigações e responsabilidades como cidadãos. Assim, não penso que o problema está só no estado, nos governos e nos partidos não.

Não dá para o tiozinho fumar a vida inteira e dizer que o problema é o SUS! Não dá mesmo para o tiozinho encher as tampa de cachaça ou cerveja e achar que o problema é o SUS! Não dá para a família inteira se alimentar de um monte de porcarias e dizer que o problema o SUS!!! Eu sei que o problema é o SUS, mas o problema também é você cidadão!!! 

Na educação não dá para o cara querer mais verbas para a educação e abandonar os estudos, estragar os livros e não fazer o tema de casa ou não comparecer na escola para a reunião sobre os eu filho. Cidadania também envolve assumir a responsabilidade sobre a sua parte nesta jogada. E ajudar a fiscalizar e a fazer a gestão das escolas.

Na segurança as mudanças são urgentes e tem uma batelada de coisas que vemos todos os dias que nos deixa inseguros. A primeira delas é que infelizmente não vamos poder acabar com as tropas de choque porque enquanto houverem pessoas dispostas a quebrar, tudo haveremos de manter uma PM preparada para impedir isto. E esta é uma mudança que eu desejava do fundo do meu coração mas que o movimento acabou provando que não dá mesmo. O trânsito e a forma perversas com que algumas - e não poucas - pessoas dirigem seus veículos. A conivência de alguns cidadãos com as irregularidades e ilegalidades. O tráfico não se sustenta só com a circulação das mercadorias, a ponta final dele é o consumo mesmo.

Assim, espero que os que querem realmente o fim das bandalheiras políticas topem esta parada de mudar o Brasil.

O SEGUNDO PASSO


O SEGUNDO PASSO

Estava conversando com uma adolescente que esteve em Porto Alegre ontem e ela me dizia que a política e as eleições são um segundo passo que vem depois. Ela tem razão nisto. Mas é bom a gente colocar isto logo no horizonte, senão ficamos só na perspectiva anarquista ou do esquerdismo e daí já era. Os REAÇAS tomam conta e começam já já a esfregar os dedinhos de alegria.

Se você não pensar desde já, eu dizia com carinho, no segundo passo, ele não será dado.

Tem que colocar isso claramente no horizonte.

Não adianta ficar embolado na copa do mundo ou no passe livre, ainda que a crítica a isto seja correta de um ponto de vista de um novo país mais sério a ser construído, e também não a adianta ficar preso só na pauta geral da defesa dos movimentos ou do direito de protestar, a mais importante e efetiva decisão final é a da política.

E ela envolve sim partidos, os partidos que existem e as opções que precisam ser construídas desde já. E a gente já sabe muito bem que não adiante eleger as BELEZAS, BONITINHOS, JOVENZINHO e TÁ LEGAIS, porque se for assim – só na linha miss simpatia, eles acabam se casando com o que há de mais atrasado só pelo poder ou para conquistar o poder. 

O problema deste nosso povo ao qual a gente faz parte também é este: eles querem gritar muito agora e acham que depois outros resolvem. Mas quem são os outros? Quem vai escolher eles nos partidos? Quais programas eles vão defender? Quem eles representam?

Então, não é tão simples assim, infelizmente, ou você resolve estando alerta e atuante sempre, pelo resto da tua vida ou não tem solução. E o segundo passo é este mesmo: Qual política você vai defender? Qual lado você vai tomar nas próximas eleições? Será ali e nas próximas eleições dos próximos 30 anos que estes jovens vão de fato mudar este Brasil ou entregá-lo de volta para o atraso e os reaças que adoram brigar contra a copa, a corrupção, mas que quando chega a hora deles se escondem atrás da velha ordem burguesa e dos bons costumes.

Não preciso sequer apontar de que lado esta CANALHA estava nas GREVES GERAIS, na luta pelas diretas já, no Fora Collor, no Fora FMI, no Fora FHC e nas diversas MARCHAS DOS SEM e dos SEM TERRA, ou dos PROFESSORES de que nós participamos.

Assim, vamos lá juventude, estou ansioso para assistir e participar do SEGUNDO PASSO.