quinta-feira, 9 de setembro de 2010

PARABÉNS AO IDELBER DO BISCOITO FINO E A MASSA

Olá Idelber.

Quero te parabenizar, pois está tendo uma volta triunfal. Entro aqui todos os dias e não tenho a menor dúvida de que a coisa mais importante que está acontecendo hoje no Brasil é a eleição para Presidente e, na devida hierarquia e proporção, as demais eleições para o Senado, Deputados e Governadores.

Você cumpre o teu papel político como quiser. Creio que continua esta ladainha de imparcialidade na midia e na blogosfera da parte daqueles que não podem mais apresentar argumentos porque - com o perdão da soberba - se encontram desmoralizados politicamente. Eles defenderam FHC quando ele quase destruiu todo o patrimônio público de monta deste país, defendem Serra quando ele consegue se consagrar como um representante da pior tradição política brasileira - o UDENISMO - e defendem qualquer coisa, aliás, só para não dar o braço a torcer, por uma birra ideológica absurda.

Vão assitir a saída honrosa e produtiva do maior presidente que este pais já teve resmungando pelos cantos e vão escrever a história colocando Lula em pé de igualdade com outros por mera covardia intelectual.

Não falo isso porque sou do PT - e sou do PT do tempo em que o PT cabia numa Kombi em muitos lugares. Falo isto porque de fato creio que é importante dar a Cesar o que é de Cesar e dar a Lula o que é de Lula. Os méritos da engenharia política de Lula transcendem em qualidade e grandeza tudo que foi feito antes. Não digo que o que foi feito antes é dispensável ou deva ser desconsiderado, mas o resultado é muito superior.

Se você tem coragem de tomar posição só posso elogiá-lo porque estamos encerrando este tempo de patrulhamento ideológico e de promoção do preconceito. Que só se sustentava pelo monopólio dos meios de comunicação. Este tempo acabou. E nós que temos o nosso contra-cheque independente deste ou daquele patrão ideológico no Brasil temos obrigação de fazer avançar a democracia aqui.

Dilma, a grande aliança, o PT e seiláeumaisoquê pode ajudar em muito neste processo. Não porque não vão haver problemas, mas porque mesmo os problemas que vierem daí serão melhores do que a submissão ao PCC, a submissão a este ou aquele Soberano Externo, a esta ou aquela programação externa. E, com certeza, não veremos mais professores apanhando da polícia e - se for possível - os aparelhos de estado não serão mais postos a serviço de um estado policialesco e de exceção ou espionagem como aqui no RS pelo PSDB, PMDB et caterva.

É muito grave o que se desenvolvia nos bastidores do Governo Yeda. Eles gostariam muito mesmo de ter instrumentos para aterrorizar seus adversários. Não existe nenhuma outra explicação para a perseguição e espuionagem de filhos de uma deputada estadual do PT e de filhos de um deputado estadual do PTB. É muito grave e pesada a sombra que páira sobre os corações e mentes desta tucanagem.

Lembro muito bem o quanto custou para construir um estado de direito e uma democracia no Brasil e o respeito à institucionalidade é fundamental para preservá-la.

Quanto ao debate sobre sigilo a posição deve ser condenar, averiguar, apurar e punir, mas não é papel nosso ficar CACAREJANDO SEM OVOS como alguns andam por aí.

Parabéns pela tua coragem e o teu exemplo: O sonho acabou, mas a realidade começa a ser melhor.

Por fim, gostaria de propor um DEBATE PÓS-ELEITORAL:

COMO FAZER FILOSOFIA EM TEMPOS MELHORES?

Sobre o quê escreverei em meu BLOG.

Um grande abraço amigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário